Tudo Que Quero

Pôster de "Tudo o Que Quero" Créditos da Imagem: Imagem Filmes

Pôster de “Tudo o Que Quero”
Créditos da Imagem: Imagem Filmes

TUDO QUE QUERO (Please Stand By) é, para mim, o melhor filme sobre superação que assisti até agora (superando GIGANTES DE AÇO (Reel Steel)).

Wendy (Dakota Fanning) é uma jovem autista que vive sob os cuidados e orientação de Scottie (Toni Collete). Vivendo sob suas próprias regras, em um mundo diferente do nosso, Wendy é uma fã apaixonada por Star Trek e adora escrever roteiros baseados na série.

Certo dia, Wendy fica sabendo de um concurso para premiar o melhor roteiro de Star Trek e decide escrever um. Já com o roteiro terminado, Wendy recebe a visita da irmã, Audrey (Alice Eve). Ela pede à irmã para passar em uma agência dos correios antes de ir para sua casa, mas é surpreendida pela negativa de Audrey, que ainda não consegue lidar com a instabilidade emocional da irmã e teme pela segurança de sua filha, ainda bebê.

Contrariada, Wendy resolve fugir da casa de Scottie, acompanhada apenas pelo cãozinho Pete, para entregar seu roteiro nos estúdios da Paramount Pictures.

Com um conhecimento mínimo do mundo ao seu redor, Wendy enfrenta inúmeros obstáculos para atingir seu grande objetivo.

O autismo é um distúrbio neurológico que se manifesta de forma complexa, com inúmeros sintomas, dentre os quais, dificuldade de comunicação e movimentos repetitivos. Apesar de não ser uma condição rara, a maioria das pessoas não sabe lidar com um autista (infelizmente eu me encaixo neste grupo).

Mas o autismo não impede que a pessoa aprenda. Ela apenas terá um ritmo e uma forma diferente de aprender. E, para nos mostrar isso, TUDO QUE QUERO nos faz acompanhar a odisseia de uma autista para alcançar seu objetivo.
Wendy tem dificuldade de manter contato visual, segue rigorosamente uma rotina e não aceita contato físico. Mas, para alcançar seu objetivo e entregar seu roteiro nos estúdios da Paramount Pictures, ela terá que aprender a conversar com as pessoas, ainda que brevemente, e a fazer coisas que fogem à sua rotina habitual.

E enquanto procura desesperadamente por sua irmã, Audrey vai percebendo que sua irmã é capaz de coisas que ela não imaginava. TUDO QUE QUERO é uma jornada de aprendizado mútuo.

Mas, infelizmente, TUDO QUE QUERO não mostra apenas coisas boas. Vemos como algumas pessoas tentam tirar proveito de outras, principalmente quando elas aparentam ser ingênuas. E autistas não conseguem perceber a maldade das pessoas ao seu redor. Para eles, todas as pessoas têm boas intenções.

Mas, voltemos a falar de coisa boa… enquanto acompanhamos Wendy em sua odisseia, somos embalados por uma trilha sonora leve e envolvente. “Viajamos” embalados pela música suave que acompanha Wendy.

TUDO QUE QUERO é dirigido por Ben Lewin e distribuído pela Imagem Filmes. Estreia dia 26 de abril. Então, anotem em suas agendas e não percam essa incrível história de superação protagonizada por Dakota Fanning.

Sinopse

O mundo é um lugar confuso para Wendy (Dakota Fanning), uma jovem, que apesar do autismo, é independente e brilhante. Wendy escreve histórias de fantasia em seu tempo livre. Quando ela descobre uma competição, decide terminar seu roteiro e participar. Agora o problema é entregar o roteiro. Com seu cãozinho e apenas alguns dólares no bolso, Wendy decide corajosamente ir em busca de seu sonho, embarcando em uma aventura repleta de desafios e surpresas.

Ficha Técnica

Título: Tudo Que Quero (Original: Please Stand By)
Duração: 1h33
Gênero: Drama, comédia
Origem: Estados Unidos
Direção: Ben Lewin
Produção: Lara Alameddine, Daniel Dubiecki Escritores: Michael Golamco, Michael Golamco
Elenco: Dakota Fanning, Toni Collette, Alice Eve, River Alexander, Jessica Rothe, Matt Corboy, Tony Revolori
Música: Heitor Pereira
Direção de Arte: Lindsey Moran

Tags:

Deixe seu comentário