EXORCISMOS E DEMÔNIOS

Pôster de Exorcismos e Demônios Créditos da Imagem: Imagem Filmes

Pôster de Exorcismos e Demônios
Créditos da Imagem: Imagem Filmes

Sem muitas surpresas, mas com alguns sustos, EXORCISMOS E DEMÔNIOS estreia para integrar a gama de filmes de terror do mercado cinematográfico baseado em fatos e dirigido por Xavier Gens.

O enredo, que repete uma estrutura muito comum, se dá pela curiosidade de Nicole (Sophie Cookson), uma jovem jornalista que se interessa por um caso divulgado na mídia, ocorrido na Romênia. Um padre foi acusado de matar sob tortura uma das freiras da congregação. Contudo, as controvérsias e mistérios acerca de sua morte interessam à garota, que parte em uma jornada de pesquisas. Nessa jornada, além criar uma trama paralela com o Padre Anton (Corneliu Ulici), sua fé é colocada em xeque.

Sob uma visão geral, o filme ambienta e prepara você para momentos tensos, com cenários sombrios, trilha sonora macabra, a escolha de tons terrosos e pouca luz. As imagens medonhas e os closes perturbadores compõem o aspecto assustador da obra, com muita computação gráfica. Porém, tudo é disposto de forma previsível e desorganizada.

A previsibilidade se dá pelo movimento da câmera (já sabemos quando precisamos fechar os olhos ou apertar as mãos nos braços da poltrona antes de ouvirmos um som muito alto).

Já a desorganização se deve, a priori, à escolha do diretor – o filme se desenvolve através de flashbacks de entrevistados, que moldam a opinião da jornalista sobre o caso.

Esta quebra da estrutura linear do tempo é constante e pode parecer autoexplicativa. O roteiro fortalece essa ideia, reiterando assuntos já discutidos e informações já sabidas pelas próprias personagens.

Assim, a protagonista enfatiza, novamente, o estereótipo da “mocinha” que nega o óbvio. Apesar das viradas de personalidade em momentos estratégicos – expondo certa sensualidade e rebeldia da garota – a multidimensionalidade da sua construção não foi sustentada, devido a um roteiro disperso e muito sobrecarregado.

Isso por que houve a necessidade da resolução de muitos conflitos diferentes, que se perderam e mudaram o foco da trama. Ao final, a sensação de uma lição moralista sobre crença e fé em Deus não condiz com o que era esperado no início.

De qualquer forma, se você não espera encontrar um clássico marcante de história de terror no cinema, EXORCISMOS E DEMÔNIOS cumpre função de deixá-lo(a) desconfortável e tenso(a) para acompanhar o desfecho da história junto de Nicole e do Padre, que a aconselha. Boa sorte e um conselho: não seja um alvo fácil!

EXORCISMOS E DEMÔNIOS estreia dia 19 de abril.

Sinopse

EXORCISMOS E DEMÔNIOS é baseado na história real de um padre sentenciado à prisão após a morte de uma freira em que praticou um exorcismo. Uma jornalista investigativa se esforça para desvendar se de fato ele assassinou uma pessoa mentalmente doente ou se perdeu uma batalha contra uma força demoníaca.

Ficha Técnica

Título: EXORCISMOS E DEMÔNIOS
Direção: Xavier Gens
Produção: Peter Safran, Leon Clarance
Escritores: Chad Hayes, Carey W. Hayes
Elenco: Sophie Cookson, Corneliu Ulici, Ada Lupu, Brittany Ashworth
Música: David Julyan
Direção de Arte: Daniel Aranyó

Tags:

Giovanna Nonato, mais conhecida como Tuty Nonato, tem 18 anos, é atriz e dubladora. Estuda teatro desde os 7 anos de idade, tendo passado por diversos e premiados festivais. Fez parte da Cia. Insólita de Teatro por 6 anos, o que contribuiu para sua formação crítica como ser humano e como atriz.Desde pequena, é apaixonada pela escrita, ganhando destaque entre as redações da própria escola, e agora está começando a entender o brilhante e complexo universo cinematográfico.Atualmente, estuda Atuação e Direção no Latin American Film Institute, Interpretação para TV na Escola de Atores Wolf Maya, e Dublagem na Dubrasil.

Deixe seu comentário