Minha Mãe é uma Peça 2 | Crítica

Paulo Gustavo de volta às telonas na continuação de Minha Mãe é Uma Peça

Créditos da Imagem: Divulgação/Downtown Filmes - Paris Filmes

Mariana Xavier, Paulo Gustavo e Rodrigo Pandolfo Créditos da Imagem: Divulgação/Downtown Filmes – Paris Filmes

Seguindo a mesma linha nostálgica e com cenário retrô fashion, Dona Hermínia (Paulo Gustavo) está de volta em todo seu sarcasmo, superproteção e ironia, com sua família a tiracolo, como não poderia deixar de ser.

Com um enfoque menos turístico do Rio de Janeiro e mais voltado aos personagens, o filme se desenrola de forma tão natural que nem vemos o tempo passar, dividindo-se entre Rio de Janeiro e São Paulo, com uma qualidade técnica nitidamente superior à primeiro filme, Minha Mãe é uma Peça – O Filme.

Agora acompanhamos Dona Hermínia em sua nova fase, com um programa de TV com cara de anos 50, um novo apartamento, mas as mesmas confusões. Com a visita da irmã Lucia Helena (Patricya Travassos), que mora em Nova Iorque, os filhos,agora mais velhos, Juliano (Rodrigo Pandolfo) e Marcelina (Mariana Xavier), indo seguir suas vidas, e a visita do neto, Dona Hermínia se vê em meio às lembranças e desafios que tem que enfrentar sozinha e em relação à família.

Com gags inteligentes e perspicazes, como no momento em que Dona Hermínia recebe a irmã em seu apartamento e um argumento que traz momentos reflexivos, como quando as irmãs se reúnem em volta da mesa de um quiosque e colocam os pingos nos is, o filme acerta nas cenas mais cruciais, porém, peca com pontas soltas por falta de continuidade, como na função da irmã visitante no cotidiano da família.

A produção de mais um filme da franquia certamente dependerá da bilheteria, do público que for atraído a assisti-lo e de uma trama mais sólida que mantenha a espontaneidade e a criatividade de Paulo Gustavo.

Diversão garantida para toda a família, o filme deve atrair a mesma média de público aos cinemas do que o anterior.

Minha Mãe é Uma Peça 2 estreia em rede nacional no dia 22 de dezembro.

Sinopse

A mãe mais divertida do Brasil tornou-se apresentadora de TV, ficou famosa, mudou de endereço, de status econômico… mudou quase tudo, só não mudou a si mesma. Dona Hermínia (Paulo Gustavo) continua hilária, irreverente e muito preocupada com os problemas da família: Marcelina (Mariana Xavier) decide ser atriz e Juliano (Rodrigo Pandolfo) se descobre bissexual. Para completar, a irmã Lucia Helena (Patrycia Travassos), que mora há anos em Nova York, resolve fazer uma longa visitinha.

Assista ao trailer

Agradecimentos: Downtown Filmes e Paris Filmes

——————————————————————————————————————————————————–

ATENÇÃO: Você gostou deste post? Então, que tal patrociná-lo por apenas R$1,00? Basta clicar no botão abaixo e fazer sua contribuição pelo PagSeguro, usando seu cartão de crédito. O Nerd Aos 40 é um “projeto de um homem só”, e minha meta é poder dedicar-me a ele em tempo integral, fazendo dele meu trabalho e provendo conteúdo nerd/geek cada vez melhor. Vamos lá, apenas R$1,00! Obrigado!

Botão_Patrocinador

Ao clicar neste botão, você será redirecionado(a) à nossa página de pagamento personalizada do PagSeguro.

——————————————————————————————————————————————————-

Tags:

Tradutora, mãe e nerd em tempo integral. ROCK é minha vida, uma paixão desde que nasci. O POP veio na adolescência e não me largou mais, também. Falar de ROCK e POP é muito natural para mim, pois é o que mais curto a qualquer momento do dia ou da noite. Só não consigo ouvir ROCK e trabalhar ao mesmo tempo, porque me empolgo tanto na minha air guitar que esqueço da vida!Coturno, camiseta de banda e maquiagem carregada fizeram parte da minha adolescência e ainda fazem parte da minha vida, porque o ROCK É UM ESTILO DE VIDA. O POP deixa a vida mais leve, alegre e festiva, então, sempre tem o seu lugar no coração!Issaí, chega de enrolar, mãos à obra, vamos misturar esses dois mundos fascinantes, a música e o mundo NERD/GEEK.

Deixe seu comentário