HERÓIS PULP: Os antecessores dos super-heróis

Heróis Pulp Créditos da Imagem: Divulgação

Heróis Pulp
Créditos da Imagem: Divulgação

Todos nós que gostamos de super-heróis sabemos que a era de ouro dos quadrinhos e, por consequência, dos super-heróis, teve inicio quando foi publicada a revista Action Comics Nº 1, em que surgiu o primeiro super-herói da história, o Super-Homem.

Mas, o que poucos sabem é que, muito antes do Super-Homem, já existiam heróis! Eles ficaram conhecidos como heróis pulp.

Imagine que você está por volta do ano de 1900, não existe Internet, videogame, televisões, as revistas em quadrinhos também não, existiam somente as tiras diárias dos jornais, conhecidas como comics strips, o cinema estava engatinhando, que fazer para se divertir e distrair?

Fácil; você ia até uma banca de jornal e comprava uma revista pulp por poucos centavos de dólar. Nessas revistas, que foram publicadas entre 1896 e 1950, eram editadas em papel barato histórias de autores desconhecidos para a época.

Os gêneros eram muitos variados, como aventura, fantasia, faroeste, policial, espionagem, terror, ficção cientifica, etc.

Nessas revistas que, geralmente, não continham ilustrações, nasceram muitos heróis que hoje são considerados lendas, e muitos deles, depois, com o advento das adventure strips no final dos anos 20 e começo dos anos 30, foram adaptados para as tiras de jornais.

Entre esses personagens, podemos citar o Zorro, criado em 1919 por Johnston McCulley, Tarzan, em 1912, criado por Edgar Rice Burroughs, John Carter, criado, também, por Edgar Rice Burroughs em 1912, e Buck Rogers, criado por Philip Francis Nowlan em 1928.

As adventure strips, além de adaptarem personagens das revistas pulp, também foram o veiculo onde surgiram muitos heróis. Em 1931, surge o detetive Dick Tracy, de Chester Gould. No ano seguinte, surge Mandrake, o Mágico, de Lee Falk (roteiro) e Phil Davis (desenho), Alex Raymond cria as séries Flash Gordon, Jim das Selvas e Agente Secreto X-9, criadas para concorrer com Buck Rogers (ficção científica), Tarzan (aventuras nas selvas) e Dick Tracy (histórias policias).

Em 1936, Lee Falk cria uma série de aventuras nas selvas, o Fantasma, sendo este o primeiro herói mascarado dos quadrinhos, antecedendo o Batman em três anos.

O Sombra é um caso a parte, pois foi criado originalmente para um programa de rádio nos anos 30. Entre os vários atores que fizeram a voz do sombra, destaca-se Orson Welles, o mesmo que, anos mais tarde, faria uma dramatização de A Guerra dos Mundos, de H. G. Wells, em forma de programa jornalístico, levando 1,2 milhões de pessoas a acreditarem que era verdade a invasão marciana.

O Sombra viria a tornar-se uma grande influência para a evolução subsequente dos super-heróis das histórias em quadrinhos, em particular, o Batman.

Estes são apenas alguns dos muitos heróis que antecederam os nossos tão amados super-heróis, e não é exagero nenhum dizer que foram eles que prepararam e sedimentaram o caminho. Eles foram os pais dos super-heróis tanto brilham e nos encantam até hoje, seja nos quadrinhos, cinema, TV, vídeo games, etc.

Fontes: Wikipédia – Buck Rogers, Blog Anarcolítico, Wikipédia – Zorro, Wikipédia – Tarzan, Wikipédia – Buck Rogers, Wikipédia – Aventura (gênero de histórias em quadrinhos), Wikipédia – O Sombra, Wikipédia – A Guerra dos Mundos (livro), Documentário “Comics – A 9ª Arte, Episódio 4, Começa a Aventura”.

Tags:

Deixe seu comentário