UMA DOBRA NO TEMPO

Pôster de "Uma Dobra no Tempo" Créditos da Imagem: Disney

Pôster de “Uma Dobra no Tempo”
Créditos da Imagem: Disney

Todas as cabines de imprensa a que sou encaminhado são muito bacanas, excelentes filmes e bom atendimento nos cinemas, mas as cabines da Disney se superam a cada convite!

Desta vez, participei da cabine de imprensa do filme UMA DOBRA NO TEMPO (A Wrinkle in Time). A megaprodução da Disney é uma adaptação do livro homônimo de Madeleine L’Engle. O filme em si é sensacional e fazia parte de uma lista que elaborei com filmes que pretendo assistir este ano.

A sessão foi em 3D e, apesar de ter de usar óculos sobre óculos, adoro esse tipo de exibição. E, para fechar com chave de ouro, recebemos alguns mimos.

Pois é! É dispensável comentar o quanto adorei os brindes que recebemos nesta cabine de imprensa. Logo na entrada, recebemos um exemplar da adaptação em quadrinhos da história, feita por Hope Larson, e publicada pela editora Dark Side. E na saída recebemos mais um brinde: um exemplar do livro Uma Dobra no Tempo, publicado pela HarperCollins Brasil. Claro que tão breve consiga ler o livro e a HQ farei minhas considerações, e elas serão publicadas aqui, na POLTRONA DIGITAL!

Agora que já falei dos mimos que recebemos, vamos falar do filme.

Alex Murry (Chris Pine) é um astrofísico que acredita que é possível visitar qualquer lugar do universo apenas com o poder da mente. Uma noite, pouco após a adoção de Charles Wallace (Deric McCabe), Alex desaparece misteriosamente.

O desaparecimento do pai mexe profundamente com Meg (Storm Reid), que perde a confiança nas pessoas, acreditando ter sido abandonada pelo pai, e fica sua auto-estima muito baixa. Meg também sofre bullying na escola.

Certa noite, Meg, Charles Wallace e sua mãe, Kate Murry (Gugu Mbatha-Raw) recebem a visita de uma mulher misteriosa, Senhora Queé (Reese Wintherspoon), que diz que seu pai está perdido em algum lugar do universo, precisando de ajuda.

Alguns dias depois, enquanto Meg, o irmão, e um amigo de escola, Calvin (Levi Miller), caminham pela vizinhança, conhece a Senhora Quem (Mindy Kaling), uma entidade cósmica que se comunica através das palavras de grandes nomes da filosofia, artes, religião, etc. E, após esse encontro, conhece a terceira entidade de luz, Senhora Qual (Oprah Winfrey), que explica que receberam um pedido de ajuda de um humano, e que este pedido partiu de seu pai, que agora está perdido em algum lugar do universo e precisa ser encontrado.

O trio embarca, então, em uma aventura ao lado das três senhoras excêntricas, que lhes ensinam sobre como “tesserar”, ou seja, se transportar a qualquer lugar do universo entrando em sintonia com ele.

Após “tesserar” em Uriel, um planeta cuja beleza é indescritível, o grupo descobre que o Dr. Murry passou por ali, mas seguiu explorando outros mundos. E, para descobrir seu paradeiro, “tesseram” até um vidente, que informa ao grupo que Dr. Murry agora encontra-se em Camazots, a fonte de um mal inimaginável, capaz de destruir as pessoas através da inveja, da raiva e da violência.

Sem poder contar com a ajuda das três senhoras, seres de luz que não podem “tesserar” em um local dominado pela escuridão, as três crianças partem sozinhas em busca do pai de Meg.

Camazots é um planeta de mil faces, que mexe com a mente das crianças e testa-as a todo momento. E é neste cenário tão adverso que Meg tenta encontrar seu pai e levá-lo para casa novamente.

UMA DOBRA NO TEMPO é dirigido por Ava DuVernay, que nos leva a cenários de beleza indescritíveis, como o planeta Uriel, ao lado de Senhoras de beleza e trajes maravilhosos, embalado por uma trilha sonora leve e envolvente, que conta com a música I Believe, de DJ Khaled feat. Demi Lovato.

Logo de cara UMA DOBRA NO TEMPO nos faz pensar em como as pessoas, até mesmo os professores, podem cometer bullying, zombando de sua dor. E, na sequência vemos um rapaz tentando se aproximar de uma menina que não confia em ninguém e tem uma auto-estima baixíssima. O irmão prodígio é a única coisa que interessa para ela.

Aos poucos, em meio a encantos e perigos, Meg vai aprendendo a confiar nas pessoas ao seu redor e em si mesma. E vamos vendo como o amor, seja da filha para com o pai ou da irmã para com o irmão, é uma força capaz de combater a maldade.

Quando assisti ao trailer de UMA DOBRA NO TEMPO no YouTube, o que mais me chamou a atenção foram as Senhoras. E, sem sombra de dúvida, suas atuações são espetaculares, em especial a de Reese Wintherspoon (Senhora Queé). E a beleza e sabedoria atribuídas à Senhora Quem (Mindy Kaling) são cativantes. Oprah Winfrey interpretando a Senhora Qual dispensa qualquer comentário de minha parte.

Storm Reid ainda é bem nova (apenas 15 anos), mas conseguiu interpretar com grande maestria toda a insegurança e medo de Meg Murry. E Deric McCabe, com apenas 10 anos, parecia de fato um mini gênio falando ao interpretar Charles Wallace. Felizmente temos grandes nomes despontando no mundo cinematográfico atualmente, e Storm Reid e Deric McCabe são dois grandes nomes que espero ver em muitas produções de agora em diante.

Como Ava DuVernay cita antes de começar o filme, que possamos assisti-lo com os olhos da criança de 11 ou 12 anos que mora dentro de nós. Que possamos nos encantar com a beleza e nos assustar com a maldade, que possamos ver que é possível acreditar no próximo e também possamos ver nosso próprio potencial e usar nossos defeitos como principal ferramenta para nos erguemos.

UMA DOBRA NO TEMPO estreia HOJE, dia 29 de março. Não perca a oportunidade de assistir esse maravilhoso filme. E, depois, deixe seus comentários neste artigo. Vamos “trocar figurinhas” sobre nossas experiências e opiniões!

Ficha Técnica
Título: Uma dobra no tempo (A Wrinkle in Time)
Duração: 1h50
Gênero: Fantasia
Origem: Estados Unidos
Direção: Ava DuVernay
Elenco: Storm Reid, Deric McCabe, Chris Pine, Gugu Mbatha-Raw, Reese Wintherspoon, Levi Miller, Mindy Kaling, Oprah Winfrey

Tags:

Leonel Andreoli é formado em Turismo e Hospitalidade pela Faculdade de Tecnologia de São Paulo - FATEC.É proprietário da Anime Fair Eventos, cujo principal foco são eventos para o público nerd/geek/otaku. Seu principal projeto atualmente é o “Anime Fair Embu”, que ocorre na cidade de Embu das Artes, e vem crescendo exponencialmente a cada edição, mas vem desenvolvendo outros projetos para a cidade de São Paulo em parceria com o Portal POLTRONA DIGITAL.Também é proprietário da Kaiza Brindes Personalizados, cujo foco é a produção de bottons, chaveiros, espelhos e outros brindes personalizados (também vendidos em eventos com a temática nerd/geek/otaku), e da Ghost Division Airsoft, primeira sala temática a levar um estande de tiro ao alvo com armas de airsoft para os eventos.Fã de quadrinhos da Disney (especialmente Super Pato e Tio Patinhas), colecionador de cartões postais e aspirante a escritor (dois projetos de livros em andamento, sem previsão de lançamento).

Deixe seu comentário