OS INCRÍVEIS 2

Cena de "Os Incríveis 2" Créditos da Imagem: Disney•Pixar

Cena de “Os Incríveis 2”
Créditos da Imagem: Disney•Pixar

A fim de confortar os corações ansiosos das crianças da década de 2000 e angariar um novo público, OS INCRÍVEIS 2, a tão esperada continuação de Os Incríveis, é finalmente lançada.

Repleto de novos desafios, dentro e fora de casa, e do habitual estilo de humor Disney, o filme cumpre bem seu papel.

Para ambientar e refrescar a memória daqueles que estavam sedentos por uma continuação desde 2004, o filme se inicia com breves flashbacks. Para os que não se lembram, Os Incríveis tem um desfecho aberto, com O Escavador, um novo vilão, e a família Incrível se preparando para enfrentá-lo.

A trama da continuação se desenrola a partir disso. Porém, dessa vez, eles se deparam com um conflito ético: a lei de proibição dos super-heróis, que, em teoria, são pessoas que se prestam a fazer o bem sem uma razão maior, apenas pelo filosófico e poético dever de fazê-lo.

No meio do dilema, uma proposta instigante surge para mudar o ponto de vista das grandes instituições e, portanto, da população.

A ideia seria mostrar o lado positivo das ações heroicas, mesmo que estas não deem resultados imediatos, através de uma micro câmera acoplada aos trajes. Winston e sua irmã, Evelyn, os empresários por trás da ideia, decidem escalar a Mulher Elástica (Helena) para solucionar infrações.

Os conflitos se desenvolvem, então, a partir de dois núcleos dramáticos. O primeiro, a casa, onde o Senhor Incrível (Beto) busca provar a si mesmo que é incrível administrando a vida dos três filhos; o segundo, a vida super heroica da mãe.

Isso tudo recheado de bom humor, críticas sociais, identificações naturais com a rotina familiar nos comportamentos das crianças, ‘’aborrecentes’’, e do casal. Por último, e bastante importante, uma dublagem incrível com adaptações primorosas.

Uma única ressalva, entretanto, seria quanto ao aglomerado de informações e conflitos. Talvez eles tenham se complicado muito, e as reviravoltas se tornaram repentinas, deixando pouco espaço para que fossem solucionadas devidamente.

Apesar disso, OS INCRÍVEIS 2 não deixa de ser a sonhada continuação que o público esperava: uma viagem nostálgica para as referências do primeiro, com muita modernidade e novos personagens. Um programa de família, com prioridade para os jovens adultos, por favor, rs!

Sinopse

A família de super-heróis favorita de todo mundo está de volta em OS INCRÍVEIS 2. Mas, desta vez Helena (voz de Holly Hunter) está em destaque, deixando Beto (voz de Craig T. Nelson) em casa com Violeta (voz de Sarah Vowell) e Flecha voz de Huck Milner) no heroísmo do dia-a-dia da vida ‘comum’. É uma transição difícil para todos, tornada mais difícil pelo fato de que a família ainda não conhece os superpoderes do bebê Zezé. Quando um novo vilão traça um plano brilhante e perigoso, a família e o amigo Gelado (voz de Samuel L. Jackson) devem encontrar uma maneira de trabalhar juntos novamente – o que é mais fácil dizer do que fazer, mesmo quando todos são incríveis.

Dirigido por Brad Bird (“Iron Giant”, “The Incredibles”) e produzido por John Walker (“The Incredibles”) e Nicole Grindle (“Sanjay’s Super Team”, “Toy Story 3” produtor associado), OS INCRÍVEIS 2 estreia nos cinemas brasileiros no dia 28 de junho de 2018.

Ficha Técnica

Diretor: Brad Bird
Produtores: John Walker, Nicole Grindle
Elenco de Voz na Versão Original: Craig T. Nelson, Holly Hunter, Sarah Vowell, Huck Milner, Samuel L. Jackson
Data de Lançamento no Brasil: 28 de Junho de 2018

Agradecimentos: Disney•Pixar

Tags:

Giovanna Nonato, mais conhecida como Tuty Nonato, tem 18 anos, é atriz e dubladora. Estuda teatro desde os 7 anos de idade, tendo passado por diversos e premiados festivais. Fez parte da Cia. Insólita de Teatro por 6 anos, o que contribuiu para sua formação crítica como ser humano e como atriz.Desde pequena, é apaixonada pela escrita, ganhando destaque entre as redações da própria escola, e agora está começando a entender o brilhante e complexo universo cinematográfico.Atualmente, estuda Atuação e Direção no Latin American Film Institute, Interpretação para TV na Escola de Atores Wolf Maya, e Dublagem na Dubrasil.

Deixe seu comentário