Jonny Quest em novo live-action movie

Jonny Quest, você se lembra?

Jonny Quest Créditos da Imagem: Divulgação

Créditos da Imagem: Divulgação

Jonny Quest fez parte da infância de muito (a) quarentão (ona). Sua versão mais conhecida foi produzida entre 1964 e 1965, pelos estúdios Hanna-Barbera (hoje, Cartoon Network), para a Screen Gems. A série animada estreou na rede norte-americana ABC em 1964, e é reprisada continuamente até hoje, teve sua própria revista em quadrinhos e tem sua imagem licenciada para uma gama de produtos.

O plano de fundo eram as viagens do Dr. Benton Quest, um famoso cientista que sempre usa suas descobertas para o bem da humanidade, seu filho Jonny, o piloto-mecânico-guardas-costas-faz-tudo Race Bannon, o garoto indiano Hadji, e o cãozinho Bandit, e foi um dos primeiros cartoons a apostar em sci-fi e mitologia como temas para o seu enredo. Monstros mutantes, encontros com alienígenas, múmias caminhando e cientistas malucos faziam parte dos inimigos que o Doutor Quest e sua equipem enfrentavam em dias normais de trabalho.

Houve, ainda, duas novas versões do desenho: The New Adventures of Jonny Quest (As Novas Aventuras de Jonny Quest), de 1986 a 1987, e The Real Adventures of Jonny Quest (As Incríveis Aventuras de Jonny Quest), 1996 a 1997.

A boa notícia é que está sendo produzido um novo live-action de Jonny Quest pela Warner Bros., e o diretor escolhido foi Robert Rodriguez, que já dirigiu Sin City, Pequenos Espiões (e sequências), As Aventuras de Sharkboy e Lavagirl, entre outros, e o roteiro ficará a cargo de Terry Rossio, que tem em seu currículo Piratas do Caribe – No Fim do Mundo, Piratas do Caribe – Navegando em Águas Misteriosas, Piratas do Caribe 5, A Lenda do Tesouro Perdido, O Cavaleiro Solitário, entre outros.

Ainda sem previsão de lançamento, vamos aguardar que este seja um grande filme, que traga de volta sentimentos de infância, das tardes em casa depois da escola, jogados (as) no sofá ainda com o uniforme e com um monte de lição de casa para fazer. É, nem todas essas lembranças são tão boas assim, afinal.

Assista à abertura clássica de Jonny Quest

Fontes: DeadlineThe Verge

Tags:

Kleber Pedroso

Kleber Pedroso é Editor da Poltrona Digital e tradutor profissional. Graduado como Tradutor/Intérprete (1998), pós-graduado em Gestão Estratégica de Pessoas (2010) e cursando uma segunda pós-graduação, em Filosofia (2018-2019).

Deixe seu comentário