DETROIT BECOME HUMAN

Cartaz de "Detroit Become Human" Créditos da Imagem: Quantic Dream/Sony Interactive Entertainment

O game DETROIT BECOME HUMAN aborda a temática da revolução dos androides, um tema que já conhecemos nas obras “Eu, Robô”, de Issac Asimov e “Androides Sonham com Ovelhas Elétricas?”, de Philip K. Dick, conhecido na versão cinematográfica por Blade Runner.

O curioso desse game é que existem personagens que passam um sentimento de apelo para que o jogador entenda seus pensamentos e suas necessidades, o que nos deixa comovidos com suas histórias pessoais, mostrando, de uma forma impactante, a aceitação e a compaixão por cada um deles.

Apagar as memórias lembra muito a série Westworld, em que a personagem Dolores também entra em conflitos com suas escolhas. Mas as surpresas no jogo só aumentam, e existem muitos finais diferentes, dependendo das escolhas do jogador.

Game e filmes sobre o temática dos androides têm atraído muito público. Acredito que existe muito mais a ser explorado quanto a esse tema e que certamente haverá muito a se descobrir sobre eles e sobre a própria humanidade.

DETROIT BECOME HUMAN está disponível somente para PlayStation 4.

Ficha Técnica

Data de lançamento inicial: 25 de maio de 2018
Gênero: Jogo eletrônico de aventura
Desenvolvedor: Quantic Dream
Projetista: David Cage
Estúdio: Sony Interactive Entertainment
Plataforma: PlayStation 4

Tags:

Adriano Siqueira

Adriano Siqueira é o mais prolífico escritor de contos de vampiros do Brasil, tendo iniciado sua jornada em 1997. É membro efetivo da Academia de Letras José de Alencar, em Curitiba-PR, desde 2015, e participa do Núcleo de Literatura e Cinema André Carneiro desde 2016.

Deixe seu comentário

Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com