Connect with us

Cinema, TV, Streaming

Crítica: VINGADORES: ULTIMATO

164

Pôster de “Vingadores: Ultimato”
Créditos da Imagem: Marvel/Disney

Como condensar e homenagear 10 anos de uma saga iniciada em 2008 e como superar o filme anterior, resolvendo algumas questões levantadas por ele e, ainda assim, trazer um desfecho sensacional?
Essa é uma resposta que, com certeza, os Irmão Russo têm, pois o que foi visto em VINGADORES: ULTIMATO é o equilíbrio perfeito de ação, drama, aventura, comédia e um filme de espionagem.

Sim, um filme de espionagem!

A forma como a perda foi tratada por cada personagem é muito bem desenvolvida, assim como a questão do efeito do tempo sobre alguns deles.

Todos têm arcos muito bem desenvolvidos e motivos específicos, havendo espaço para todos os personagens terem seu momento de brilho, mas esse é, de fato, um filme sobre o Capitão America e o Homem de Ferro, tendo eles os melhores arcos e as melhores cenas, inclusive algumas de tirar o fôlego, embaladas por um CGI sensacional e uma trilha sonora esplêndida composta por Alan Silvestri, criando, assim, uma sensação de urgência, agonia e um perigo real.

Outro que tem um grande destaque no filme é o Ronin, outrora chamado de Gavião Arqueiro, dono de uma das partes mais emocionantes e decisivas do filme, e a atuação de Josh Brolin como Thanos é um espetáculo à parte. Dessa vez, o Titã Louco faz jus a seu apelido.

A questão da viagem no tempo, tema central do filme, é muito boa e bem abordada, tendo uma explicação relativamente simples sobre seu funcionamento.

O elenco feminino também brilha muito, principalmente personagens como Viúva Negra, Capitã Marvel e Feiticeira Escarlate, tendo essa uma das cenas mais bacanas do filme.

Em suma, VINGADORES: ULTIMATO encerra com chave de ouro a saga do infinito e abre portas para novas aventuras, e deixa o legado de alguns heróis que se despedem nesse filme.

Sinopse

Após Thanos eliminar metade das criaturas vivas, os Vingadores precisam lidar com a dor da perda de amigos e seus entes queridos. Com Tony Stark (Robert Downey Jr.) vagando perdido no espaço sem água nem comida, Steve Rogers (Chris Evans) e Natasha Romanov (Scarlett Johansson) precisam liderar a resistência contra o titã louco.

Ficha Técnica

Título: Vingadores: Ultimato (Original: Avengers: Endgame)
Ano de Produção: 2019
Direção: Anthony Russo, Joe Russo
Estreia: 25 de abril de 2019
Duração: 182 minutos
Classificação 12 – Não recomendado para menores de 12 anos
Gênero: Ação, Aventura, Fantasia, Ficção Científica
País de Origem: EUA

Caio Gaona é baterista, professor de bateria, membro das bandas Triscore e InVida, e idealizador do projeto Geek Batera, em que grava vídeos para o YouTube tocando bateria sobre trilhas sonoras de filmes, séries e animes.

Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

veja também