BASILISK: The Ouka Ninja Scroll

Cartaz de "Basilisk: The Ouka Ninja Scroll" Créditos da Imagem: Seven Arcs Pictures

Cartaz de “Basilisk: The Ouka Ninja Scroll”
Créditos da Imagem: Seven Arcs Pictures

Desde que foi anunciado um novo anime de BASILISK eu me perguntei “Como poderia ser lançado algo de BASILISK após o final trágico do primeiro anime?”.

E eis que foi lançado ano em janeiro deste ano Basilisk: The Ouka Ninja Scroll (Original: Basilisk: Ouka Ninpouchou), que teve sua conclusão dia 18 de junho, e nos trouxe coisas nunca imaginadas em se tratando do universo de BASILISK.

Para quem não sabe, o primeiro anime conta a história de dois clãs ninjas; os Iga e os Kouga, que têm sua paz interrompida devido a interesses do Tokugawa Leyasu em decidir qual seria a sucessão de seu reinado.

Com isso, os dois clãs são colocados para se enfrentar até a morte para definir qual dos dois descendentes do Tokuagawa se tornaria o novo Tokugawa.

Em meio a tudo isso, os dois líderes de ambos os clãs, Oboro de Iga e Gennosuke de Kouga, que estavam de casamento marcado, têm que decidir se cumprirão seu destino como líderes nessa batalha ou se vão ignorá-lo para viver esse amor proibido.

Tendo todo esse cenário como pano de fundo, entendemos que o real motivo para colocar esses clãs em batalha é, na verdade, porque o Tokugawa via os shinobis e suas habilidades especiais como uma ameaça para o Japão e para a paz. Mas, na realidade, salvo um único membro dos Iga, os clãs queriam apenas viver em paz.

Conhecendo a premissa do primeiro BASILISK, chega em 2018 Basilisk: The Ouka Ninja Scroll, que apresenta um cenário 10 anos após os acontecimentos de “Kouga Ninpo Chou” e apresenta-nos dois personagens de destaque; “Hachirou de Kouga” e “Hibiki de Iga”, ambos líderes de seus clãs, que agora vivem em harmonia, e apresentam certas características que lembram Gennosuke e Oboro.

Também acompanhamos outros jovens ninjas com suas habilidades especiais se descobrindo e treinando, quando um monge e seus seguidores aparecem com a intenção de tornar o mundo um inferno e ressuscitar Oda Nobunaga, Imperador do Japão conhecido por suas atitudes vis e cruéis.

A partir daí, vemos o grupo liderado por Hachirou e Hibiki enfrentando os “Joujinshuu” para que tais planos não seja realizados, enquanto temos uma trama política diretamente ligada ao primeiro anime e tentamos descobrir mais sobre esses novos personagens, que lembram tanto personagens outrora queridos por nós, fãs de BASILISK.

Esse anime traz elementos novos para a mitologia, novas realidades, alteração de linhas do tempo, armas de fogo e por aí vai, e ainda carrega aqueles fan services para fazer qualquer fã do anime morrer de nostalgia.

Vale muito a pena assistir esse novo seinen!

Basilisk: The Ouka Ninja Scroll pode ser assistido em streaming via Cruchyroll.

Tags:

Caio Gaona

Caio Gaona é baterista, professor de bateria, membro das bandas Triscore e InVida, e idealizador do projeto Geek Batera, em que grava vídeos para o YouTube tocando bateria sobre trilhas sonoras de filmes, séries e animes.

Deixe seu comentário