A volta de Arquivo X: eu ainda quero acreditar!

Estreia hoje a décima temporada de Arquivo X

O aclamado seriado Arquivo X (The X-Files) teve nove temporadas, exibidas originalmente entre 1993 e 2002, na FOX, e dois longas-metragens, Arquivo X: O Filme (The X-Files: Fight the Future), de 1998, e Arquivo X: Eu Quero Acreditar (The X-Files: I Want to Believe), de 2008.

Os agentes Fox Mulder (David Duchovny) e Dana Scully (Gillian Anderson) formavam uma dupla completamente antagônica: ele, um ávido pesquisador do sobrenatural e crente na existência de vida extraterrestre (crença essa desencadeada quando ele presenciou o que acreditou ser a abdução de sua irmã por alienígenas). Ela, uma médica cética, inicialmente designada por seus superiores do FBI para trabalhar com Mulder com o intuito de observá-lo e elaborar constantes relatórios avaliando a veracidade e a plausabilidade de suas investigações, da condução e da resolução dos casos.

Depois de um hiato de 8 anos desde o último longa-metragem e 14 desde a veiculação da 9ª temporada na FOX, os agentes Dana Scully e Fox Mulder retornam para uma nova 10ª temporada composta por 6 episódios, com estreia no Brasil hoje, 25 de janeiro de 2015, às 00h00, quando os dois primeiros episódios serão apresentados em sequência.

Gillian Anderson e David Duchovny Créditos da Imagem: Divulgação

Gillian Anderson (Dana Scully) e David Duchovny (Fox Mulder)
Créditos da Imagem: Divulgação

Os protagonistas: primeiros fãs da série

Um fator decisivo para o retorno da série, mais do que um apelo da legião de fãs que Arquivo X mantém ao redor do mundo, foi o interesse de Gillian e David.

“Eu comprei a ideia quando descobri que os atores estavam interessados”, disse Chris Carter, criador da série, em entrevista ao The Hollywood Reporter.

Carter também afirmou que, dependendo da receptividade da nova temporada e das agendas de Gillian e David, ele a equipe estarão prontos para dar continuidade à série com novas temporadas. Tomara que os milhares de fãs da série no mundo todo façam uma grande campanha para que isso aconteça!

Mitch Pillegi, o “Diretor-Assistente Walter Skinner”, também está de volta, conforme Pillegi já havia postado em sua conta no Twitter em abril do ano passado.

Skinner tinha uma papel de extrema importância na trama, muitas vezes disciplinando os agentes de forma rude e até injusta, outras, ajudando-o e cuidando do bem-estar deles como um verdadeiro amigo. Outro papel fundamental desempenhado por Skinner, principalmente nas primeiras temporadas, era servir de ponte entre os agentes e C. G. B. Spender, “O Canceroso”, um poderoso membro do “Sindicato”, uma organização secreta dentro do Governo do Estados Unidos, responsável por moldar a história do país, ditando seu rumo a seu bel prazer.

Papel interpretado com maestria por William B. Davis, o Canceroso (The Smoking Man, no original) era apenas um personagem secundário no início, mas a imponência de sua aparições e os mistérios que o envolviam, com o tempo, fizeram dele o principal antagonista da série, chegando a ganhar um episódio especial que conta a história do personagem, chamado Musings of a Cigarette Smoking Man (N. do E.: traduzido como “Meditações Sobre um Canceroso”, em português, lembrando que “smoking man”, em tradução direta, seria “fumante”).

Os fãs da série (como e este Editor) podem acompanhar todas as temporadas anteriores através do serviço de streaming Netflix, e a emissora de TV a cabo FOX exibirá a nova temporada a partir de hoje, às 00h00, horário de Brasília.

Fontes: The Verve, The Hollywood Reporter

Kleber Pedroso é Editor da Poltrona Digital e tradutor profissional. Graduado como Tradutor/Intérprete (1998), pós-graduado em Gestão Estratégica de Pessoas (2010) e cursando uma segunda pós-graduação, em Filosofia (2018-2019).

Deixe seu comentário